O Mundo VUCA refere-se a este mundo de incertezas em que vivemos. Destrinchando a expressão, a um mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo, em que novas competências pessoais se tornam fundamentais para adaptar-se às mudanças e liderar com sucesso.

O segundo elemento é a inteligência artificial e a iminente probabilidade de profissionais serem substituídos por robôs. Diante deste futuro inevitável, desenvolver pensamento crítico, agilidade, criatividade, flexibilidade, inteligência emocional e empatia tornam-se pré-requisitos para um profissional diferenciado.

Neste mundo VUCA, a sua marca precisa influenciar, impactar e inspirar outras marcas, assim, os seus resultados impactarão positivamente ou negativamente, ou seja, poderão levar seus stakeholders (qualquer pessoa que seja influenciada — positiva ou negativamente — pelas decisões da sua empresa/marca) para o sucesso ou insucesso da sua marca pessoal ou profissional.

Portanto, o mundo VUCA lhe desafia a encontrar o seu próprio caminho no meio da turbulência.

Como passamos recentemente, por um período de muitas mudanças, e com essas mudanças, a necessidade de adaptação rápida, a pandemia mostrou que a estratégia VUCA foi insuficiente perante as contingências que se apresentaram, uma vez que poucas marcas estavam verdadeiramente prontas para o que aconteceu ― mostrando que o VUCA já era uma ideia datada.

As conexões feitas com auxílio da internet foram os caminhos encontrados para todos os âmbitos das nossas vidas. Para identificar isso, basta analisar os negócios e perceber como a forma de fazer as coisas mudou profundamente. as necessidades dos clientes também mudaram em razão de suas próprias adequações. Hoje eles se comportam de outro modo, compram produtos diferentes por meio de canais diferentes e com frequências diferentes de antes. Logo, esse “novo normal” nos coloca diante da necessidade urgente de adaptação.

Assim surgiu uma nova denominação que fala do cenário atual, levando em conta as mudanças da pandemia e outras que poderão surgir: o mundo BANI, um acrônimo que expressa este momento de transformações e acelerações.

Com  esse  cenário  fica mais do que evidente a necessidade das marcas  buscarem  uma vida de maior propósito  e fazer o seu melhor e manter seus princípios seja no âmbito  pessoal, negócios ou na busca por uma carreira com propósito pois somos nós que moramos em nós mesmo, e isso passou a nortear as sociedades desde o último ano. Pode ser clichê mais o que te dar prazer e você faz de graça?

O Que te motiva acordar todos os dias e levantar da cama.

 “Há uma série de indicadores que mostram que é possível ser feliz, fazer dinheiro e ocasionar mudanças no mundo pegando aquilo que era considerado estranho e valorizando questões que precisam ser trabalhadas, atingindo, assim, o sucesso”, Pesquisa realizada pela Blackrock, maior gestora de ativos do mundo, comprova que empresa com Propósito têm melhores resultados financeiros em longo prazo.

Isso ocorre pois as empresas com o Propósito claro e difundido através da sua Cultura Organizacional atraem maior número de talentos e conseguem engajar melhor seus colaboradores que permanecem por mais tempo ativos dentro da organização.

“Esses elementos do mundo BANI significa Brittle (Frágil), Anxious (Ansiedade), Nonlinear(Não-linearidade), Incomprehensible( Incompreensível) são uma espécie de combustível para o surgimento desses negócios com propósito. Quando conectamos a paixão do empreendedor com a paixão do cliente, temos o combustível correto para que a  paixão aconteça”.

O conceito BANI traz uma espécie de lupa para quem busca um norte sobre quais são os próximos passos enquanto marca profissional ou organização, e o que podemos perceber é que lidar com este cenário será cada vez mais desafiador. Portanto, preparo é fundamental!

Para Jamais Cascio, o antropólogo norte-americano a estrutura BANI oferece uma lente para ver e estruturar o que está acontecendo no mundo, e a sigla criada sugere oportunidades de resposta úteis para o mundo.

A fragilidade, de acordo com o antropólogo, pode ser enfrentada através de resiliência e liberdade; a ansiedade pode ser aliviada por empatia e atenção plena; a não-linearidade necessitaria de contexto e flexibilidade; e a incompreensibilidade pede transparência e intuição.

Assim podemos visualizar que o mundo dos negócios, vimos empresas adotando um posicionamento humanizado: se relacionando de forma próxima, transparente e receptiva.

O sentimento de  vulnerabilidade frente a um inimigo em comum e desconhecido, o coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19, tornou a união entre pessoas, profissionais e marcas o caminho mais ágil para a busca por soluções.

As ações sociais e relações colaborativas promovidas pelas marcas, contemplando iniciativas relacionadas a aproximação entre concorrentes e ao suporte das grandes às menores empresas que se viram mais frágeis, fortalecem as atividades comerciais. O aprendizado de que juntos somos mais fortes não vai embora junto com a estabilização da pandemia.

A meta cocriação, que diz sobre a criação colaborativa a partir de um conteúdo já existente, se torna mais comum, bem como as colaborações movidas pela empatia entre pessoas que vão esperar mais umas das outras, marcas que vão se unir para lançar novos produtos, artistas que vão realizar obras juntos e assim por diante.

Eu mesma pude vivenciar a este elemento a colaboração em meu projeto livros que marcam, organizando um livro com um conceito colaborativo, que recomendo a leitura para você, link  para a pré-venda: https://danielabacelar.com/reserva-do-livro-encontre-sua-marca/

O novo acrônimo carregaria a chave para que marcas possam prosperar e trazer rompimentos  sob a nova ótica que surgiu em 2020.

Pontos de atenção:

  • Se conecte com as pessoas
  • Invista em conhecimento
  • Desenvolva novas habilidade, pois consistência e um conjunto de habilidade, competência e disciplina, caminhos para facilitar sua jornada.
  • Conciliar tudo isso e cuidar da saúde e bem estar, pois sobrevive que se adapta.

O Mundo BANI pode até parecer mais apavorante que o VUCA, em primeiro olhada, mas ele pode ser responsável por fazer com que nós busquemos a vontade de realizar algo e que  é preciso ter bons propósitos na vida.

Você está convidada(o) a  acompanhar, participar, crescer e dividir suas experiências e dúvidas comigo! Precisando não hesite a me procurar no Instagram.

Link do meu https://www.instagram.com/danielabacelaroficial/

Imagem:  https://tutormundi.com